NOTÍCIAS

Data: 10/02/2015

COMO SER TURISTA NA PRÓPRIA CIDADE

Muitas vezes, os afazeres do dia a dia e os programas de sempre ficam no caminho, mas é muito gostoso explorar sua cidade como se fosse um turista, ou seja, como se tudo nela fosse novidade. Confira esse guia básico em 5 passos!
 
Pesquise
Às vezes tem coisas sobre nossa própria cidade que a gente desconhece, né? “Turísticas” ou não. Quer variar os programas de fim de semana? Que tal ir tomar café da manhã naquele hotel legal? Revisitar aquele museu onde não volta desde o colégio ou simplesmente conhecer bares e restaurantes diferentes? Pra isso, uma dica é fuçar os sites da Secretaria de Turismo do seu Estado e município, ficar ligado nas páginas de turismo e lazer dos jornais, acompanhar blogs de turismo, lifestyle ou gastrô, visitar um posto de informações turísticas e até ler guias de turismo.
 
Leia também sobre a história da cidade, e, se possível, faça um passeio guiado por alguns dos seus pontos mais importantes. Enxergar o dia a dia sob o viés da história dá um novo sentido às coisas. Normalmente, a gente faz isso quando é criança e nem dá tanto valor, né?
 
Encontre parceiros de aventuras
pra fazer um programa ou outro fora da rotina, pode dar preguiça. Que tal, então, arrumar companhia? Pode ser que seu/sua namorad@ ou seus amigos também queiram entrar na onda e explorar mais a cidade. Se for difícil, vale até arrastar os colegas do trabalho.
 
Não tenha vergonha
Acho que muita gente se sente meio besta turistando na cidade onde vive, né? Mas é esse sentimento que é, na verdade, muito do besta. Se desprender dele é um passo fundamental pra curtir essa viagem-sem-sair-do-lugar com tudo o que tem direito.
 
Tirar fotos também pode chamar atenção dos passantes, mas além de ser uma delícia, nos ajuda a encontrar a beleza nas coisas do dia a dia. Encarar aquela rua, aquele prédio ou aquele rio de sempre e buscar um ângulo fotogênico pode ser um bom exercício pra repensar sua relação com o entorno.
 
Veja tudo como se fosse a última vez
Pode ser especialmente interessante fazer tudo isso se você estiver com viagem marcada pra ir morar em outro lugar por um tempo, meio que como um ritual de despedida. Mas se não for o caso, finja que é.
 
O ser humano tem essa coisa besta de dar mais valor ao que perdeu ou tá longe, então quem sabe imaginar “e se eu não visse isso por um tempão” não ajuda a dar outros ares à sua cidade? ;) Também vale muito tentar se colocar no lugar dos turistas que chegam pela primeira vez, pra quem tudo é diferente e novo. Vamos fazer esse exercício?
 
Separe um ou mais dias só pra isso
Uma coisa difícil quando a gente tá tentando curtir nossa cidade como se estivesse de férias é bem óbvia: em geral, não estamos de férias. Na correria do dia a dia, o tempo passa e a gente nem se dá conta de que aquele bar ou museu novo abriu há meses e você ainda não conseguiu ir. Se fosse uma viagem, o lugar estaria no seu roteiro, né? Então a dica aqui é fingir (junto com seu companheiro de aventuras!) que tá viajando ou recebendo alguém de fora. Ou seja: separar um ou mais dias pra turistar, como se você estivesse na cidade temporariamente.
 
E você, o que faz pra encarar sua cidade com novos olhos?
 
 
Fonte: Blog janelasabertas.com
 

COMPARTILHAR:

MAIS NOTÍCIAS

CONHEÇA NOSSAS OPÇÕES DE
HOSPEDAGEM

BENEFÍCIOS

WI-FI ZONE

Mantenha-se conectado a seus contatos e a seus negócios. Aqui você se hospeda e só para de produzir se quiser.

ELEVADOR

Instrumento de acesso aos andares superiores, esta é mais uma prova de nossa preocupação com sua comodidade.

ESTACIONAMENTO PRÓPRIO COBERTO

Segurança é essencial para se hospedar bem. No Pampa Hotel, seu veículo pernoita em segurança e você dorme tranquilo.

CAFÉ DA MANHÃ

Aceitamos cartões de crédito, débito ou dinheiro. E possuímos a forma de faturamento, para empresas cadastradas.